Institucional Colunas Projetos Promoções Fidelização Fale Conosco

Acontece

Agenda

Empresas e Serviços

Lista de Profissionais

Dicas e Sugestões

Eventos

Novidades

Links

Tabela de Preço

 

Artigos

Colunistas

Notícias

Parceiros

Fórum
 

Galeria de Fotos

Vídeos

Downloads

Imprensa

 






Colunas

Postado por:Saritta Gonçalves
-

Postado por:Karina Christofaro Belmar
-

Postado por:Daniel Bogas
-

Postado por:Carolina Villaça
-

Postado por:Peloggia
-
Compartilhe:
Profissional: Saritta Gonçalves

23/09/2016 - Setorização residencial

O espaço de morar deve ser pensando a partir da setorização dos ambientes, posicionando os cômodos de usos comuns próximos uns dos outros e os cômodos de usos distintos afastados, para que haja eficiência na organização dos espaços. Em projetos residenciais a setorização é definida como: área social, área íntima, área de serviço, circulação e acessos.

 
Área social
 
Destinada a socialização entre os moradores da residência e dos seus visitantes, sendo projetada para estimular a convivência entre os usuários, onde encontramos um fluxo constante de pessoas. Fazem parte desse setor:
 
Hall de entrada, sala de estar, sala de jantar, áreas de lazer, home-theater, escritório home-office, lavabo, varanda, sacada e terraço.
Área íntima
 
Destinada a privacidade e higiene dos moradores da residência, sendo projetada com função de relaxamento e conforto ao usuário, onde o fluxo de pessoas é pequeno. Fazem parte desse setor:

Dormitório, closet, banheiro e sala de estar íntima.
Área de serviço
Destinada a dar suporte aos trabalhos de manutenção diária da residência, sendo projetada para ser um ambiente funcional e prático, onde o fluxo de pessoas é constante somente no momento da manutenção da residência. Fazem parte desse setor:

Cozinha, copa, lavanderia, despensa, rouparia e depósito.

Circulação
 
É definida pela setorização e o fluxo de moradores e visitantes, onde os visitantes acessam apenas a área social e os moradores todas as áreas.
 
Acessos
 
É definida a entrada e saída da residência, temos o acesso pedestre e o acesso de serviços e automóveis.
 
Em residências de dois ou mais pavimentos a área de serviço e a área social são projetadas no andar térreo e a área íntima no pavimento superior. De maneira geral a análise dos usuários é realizada para que o uso que cada usuário faz do espaço seja compreendida, como exemplo disso temos um chef de cozinha que utiliza a área de serviço para trabalhar e receber amigos, assim tornando a área de serviço em área social. 
 
As setorizações são modificadas de acordo com o usuário e também de acordo com a edificação, dado a isso a importância do estudo arquitetônico do usuário, função e edificação.
 
 
Saritta Gonçalves
Arquiteta
(12)99634-4001
sms.gonc@gmail.com



Últimas Colunas: